Caminho Francês Santiago
O caminho das estrelas

420.00728.00

  • Data:  29 outubro a 05 novembro 2022
  • Duração: 8 dias
  • Preço total: 776 eur/pax
  • Preço de reserva: 420 eur/pax
  • Data limite de inscrições: 10 outubro 2022 | O pagamento remanescente será solicitado no inicio de outubro 2022
Limpar

O evento ainda não tem data definida de realização, poderá ser aberto para inscrições a qualquer momento e ao subscrever a lista de interesse será imediatamente informado da abertura do evento para inscrições.

Programa

Caminho Francês de Santiago: o percurso mítico da Línea del Duero. 

Peregrinação a Santiago, numa experiência de 8 dias, percorrendo as mais relevantes etapas do Caminho francês de Santiago, desde Saint-Jean-Pied-de-Port (em França), num dos mais icónicos itinerários de espiritualidade e fé cristã, de origem medieval e milenar.  Visita cultural às mais fascinantes cidades espanholas com relevância na rota, como Astorga, Pamplona, Burgos, Léon e Santiago de Compostela. A envolvência mágica da hospitalidade dos peregrinos, das inspiradoras paisagens naturais e da busca interior individual tornam esta viagem uma experiência autêntica de conhecimento e serenidade.

A peregrinação a Santiago de Compostela num dos itinerários mais icónicos, populares e de maior tradição histórica, o Caminho Francês, com mais de 800 km dividido em 33 etapas, é a inspiração para esta viagem, com a realização das mais belas e relevantes etapas do percurso, desde Saint-Jean-Pied-de-Port (em França) até Santiago de Compostela, de 8 dias. Conhecido como ‘o Caminho das Estrelas’, descrito no guia medieval Codex Calistinus em 1135 transporta toda a espiritualidade da orbe cristão, tornando-se a viagem perfeita da fé peregrina, que desperta a busca interior e a hospitalidade com quem nos acompanha na jornada. Uma experiência também repleta de enriquecimento cultural, com a visita a fascinantes e históricas cidades espanholas, como Astorga, Pamplona, Burgos, Léon e Santiago de Compostela, entre outros. 

Em pleno ano Xacobeo, ano jubilar compostelano, prepare-se para as emoções e estórias de caminhos guiados pela fé, em ano de festividade e celebração religiosa, com oportunidade de “ganhar o Jubileu” com o perdão de todos os pecados a quem peregrine até à tumba do Apóstolo.   

Bom Caminho!   


 

Itinerário

DIA 1 | Dia de viagem até Pamplona, com city trekking em Astorga


Dia de viagem até Astorga. Tempo de explorar as principais atrações desta cidade, com forte influência romana e ligação por vias primitivas a Braga pela denominada Via Nova ou Geira Romana. Astorga abarca a união das rotas de peregrinação da Via da Prata (de Sevilha) e do Caminho Francês. Destacam-se alguns monumentos de interesse, como as muralhas medievais da cidade, a catedral de Santa Maria e o palácio espiscopal (da autoria de Gaudí), e o Museu Romano (com escavações arqueológicas, e o ergástulo – prisão romana). Depois, viagem com destino a Pamplona. Possibilidade de explorar a cidade.

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Pamplona

 

DIA 2 | De Saint-Jean-Pied-de-Port “o km 0” (França) a Roncesvalles: a  etapa 1 do Caminho Francês de Santiago 


Dia de realização da etapa 1 do Caminho – de Saint-Jean-Pied-de-Port a Roncesvalles. Esta etapa ficou eternizada na carga dramática do filme “O Caminho”, de 2010, com Martin Sheen. A etapa tem início em St.-Jean-Pied-de Port, uma cidade francesa banhada pelo rio Nive cercada por muralhas e montanhas. Um percurso desafiante em montanha (pela imprevisibilidade do clima) nos Pirenéus Atlânticos, que divide França e Espanha, com alguns declives e passagem pelo refúgio de Auberge d’Orisson. As paisagens sobre os vales e montanhas são surpreendentes até Roncesvalles, de influência gótica.

Regresso à cidade de Pamplona.

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Pamplona

Distância

25 KM

Altitude Máxima

1447 M

Dificuldade

4 - MÉDIO-ALTO

Acumulado Ascendente

1373 M

DIA 3 | De Pamplona a Puente de La Reina: a etapa 4 do Caminho Francês de Santiago


Dia de realização da etapa 4 do Caminho – de Pamplona a Puente de La Reina. Uma etapa com início no centro de Pamplona (que deve o seu nome ao general romano fundador, Pompeu), conhecida pelas festividades de São Firmino, onde será possível apreciar o legado histórico da cidade. Um percurso lendário e a história mística da fonte da Renegação (Fuente de la Reniega), no Alto do Perdão (Alto del Perdón), e de um peregrino exausto e sedento que foi tentado pelo Diabo. Chegar ao Alto do Perdão é um dos destaques do percurso, pela paisagem “donde se cruza el camino del viento con el de las estrellas”. Depois de deixar a Sierra del Perdón, podemos encontrar os peregrinos do Caminho Aragonês em Obanos, para continuar pela mesma rota até Puente la Reina, fim da etapa. Puente de La Reina (em Navarra), que deve o seu nome à ponte de 5 arcos que a rainha Dona Mayor mandou construir sobre o rio Arga.

No fim, viagem até Badarán

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Badarán

.

Distância

25 KM

Altitude Máxima

749 M

Dificuldade

3 - MÉDIO

Acumulado Ascendente

468 M

DIA 4 | De Nájera a Santo Domingo de La Calzada, a etapa 9 do Caminho Francês de Santiago


Dia de realização da etapa 9 do Caminho – de Najéra a Santo Domingo de La Calzada. Um percurso predominantemente de planícies e de campos rurais. Destaca-se a passagem pelos Mosteiros de Suso e de Yuso em San Millán de La Cogolla, classificados como Património Mundial pela UNESCO. Na chegada à vila de Santo Domingo de La Calzada encante-se pela sua catedral, onde repousam os restos mortais de Santo Domingo, falecido em 1109, é um dos impulsionadores do Caminho de Santiago.

Viagem até Burgos.

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Burgos

Distância

22 KM

Altitude Máxima

737 M

Dificuldade

3 - MÉDIO

Acumulado Ascendente

342 M

DIA 5 | De Burgos a Hornillos del Camino, a etapa 13 do Caminho Francês de Santiago


Dia de realização da etapa 13 do Caminho – de Burgos a Hornillos del Camino. Uma jornada com início em Burgos, fundada em 884 pelo Conde Diego Rodriguez Porcelos, repleta de história e arquitetura, onde se destaca a catedral de Santa Maria de Burgo, de influência gótica. Nesta catedral poderá encontrar o túmulo de Cid Campeador, um nobre guerreiro castelhano com uma vida de feitos e glória. Um percurso pacífico, por entre cascalho e terra até a pequena vila de Hornillos del Camino,  com apenas uma rua principal, a Calle Real. Viagem até à cidade de Léon.

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Léon

Distância

22 KM

Altitude Máxima

922 M

Dificuldade

3 - MÉDIO

Acumulado Ascendente

142 M

DIA 6 | De Rabanal del Camino a El Acebo de San Miguel, a etapa 18 do Caminho Francês de Santiago


Dia de realização da etapa 18 do Caminho – de Rabanal del Camino a El Acebo de San Miguel. Uma etapa emocionante. Lá, está a Cruz de Ferro, no topo do desfiladeiro de Foncebadón, com elevado valor simbólico, onde os peregrinos depositam as suas pedras aos pés da cruz. Está localizado entre duas regiões de León, El Bierzo e La Maragatería, e é também o ponto onde as duas bacias dos dois rios mais importantes do noroeste da península, o Duero e o Sil-Miño, divergem. E ainda mais importante: é o ponto mais alto que os peregrinos sobem no Caminho de Santiago (cerca de 1.490 metros de altitude) e marca o fim da passagem de Foncebadón.

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Lugo

Distância

18 KM

Altitude Máxima

1568 M

Dificuldade

3 - MÉDIO

Acumulado Ascendente

441 M

DIA 7 | De Pedrouzo a Santiago de Compostela, a etapa 33 do Caminho Francês de Santiago


Dia de realização da última etapa do Caminho Francês, de Pedrouzo a Santiago de Compostela. Uma etapa simples e curta, carregada de emoção e vontade de chegar ao destino final – Santiago de Compostela. No percurso, subiremos até ao Monte do Gozo, que permite o primeiro avistamento da Catedral de Santiago de Compostela.  A tradição dita que o primeiro peregrino do grupo a chegar ao topo da montanha é coroado como “rei da peregrinação”. Depois, a paisagem rural começa a dar lugar à urbana quando se chega mais perto de Santiago. À chegada à cidade, seguimos até ao destino final, a Praça do Obradoiro em frente à Catedral de Santiago, cuja tradição impõe a visita da cripta, as relíquias do Apóstolo S. Tiago, indo até o Camarín e abraçando o Apóstolo. 

Refeições: não incluídas

Dormida: hotel em Santiago de Compostela

Distância

21 KM

Altitude Máxima

396 M

Dificuldade

3 - MÉDIO

Acumulado Ascendente

387 M

DIA 8 | City trekking em Santiago de Compostela e regresso a Portugal


O último dia do programa é dedicado a explorar a cidade de Santiago e as suas principais atrações. A Borealis propõe uma visita orientada em regime de self-guided nesta cidade galega mística, com um sem fim de becos cheios de história e charme. Além da Catedral, destacam-se o Mosteiro de San Martiño Pinario, San Domingos de Bonaval, o Mercado de Abastos, o Hostal dos Reis Católicos – antigo hospital para peregrinos.

Depois do almoço, viagem de regresso a Portugal.


NOTA: Para aqueles que pretendam um programa menos exigente, haverá a possibilidade de em todos os dias realizar um trilho opcional, com cerca de metade da distância e de nível de exigência médio-baixo.

Conheça os níveis de dificuldade Borealis

O que incluímos

O que incluímos:

Itens que estão incluídos no preço do evento

  • O programa especificado
  • Acompanhamento pelos guias Borealis
  • Transporte em autocarro dedicado ao programa, com locais de embarque previstos em Porto e Braga
  • 7 noites de alojamento em hotel, em quarto duplo ou triplo, com pequeno almoço incluído
  • Seguro acidentes pessoais e de responsabilidade civil (de acordo com artigo 27.º do DL 108/2009)
  • Reportagem fotográfica digital 

O que não está incluído:

Itens que não estão incluídos no preço do evento

  • Alimentação e refeições não mencionadas.
  • Extras e opções enunciados

O que deve levar

  • Botas de trekking;
  • Roupa confortável e adequada ao clima;
  • Roupa e kit de higiene pessoal para os dias do evento;
  • Reforços energéticos e alimentação;
  • Caneca para beber chá (por questões ambientais, não fornecemos copos);
  • Cantil/garrafa água;
  • Mochila de pequenas dimensões para levar itens essenciais no trekking;
  • Saco ou equivalente para transportar o lixo que produzir;
  • Máscara(s) e desinfetante de mãos;
  • Conheça as dicas Borealis de material e alimentação para atividades na natureza.

Extras e opções

A Borealis está disponível  para adicionar serviços adicionais ao programa base, com um suplemento extra associado, de forma a simplificar a organização da sua viagem e a maximizar a sua experiência na natureza, como:

  • Estadia em quarto single (+308 eur/pax)

Para tal, basta que indique no momento da reserva a sua pretensão.

Nota: os suplementos extra ao programa estão sujeitos a confirmação de disponibilidade; pelo que um dos membros da nossa equipa irá entrar em contacto.

Horas e Pontos de Encontro

  • PORTO, no Hospital de S. João (em frente à estação de metro do Hospital de S. João, junto à Circunvalação)
  • BRAGA, no Via Nova Shopping – Hipermercado E.Leclerc (junto ao parque de estacionamento e posto de combustível)

As horas serão enviadas oportunamente ao grupo de participantes inscritos.

Conheça as regras e recomendações no transporte em autocarro.

Condições de reserva

  • A validação da reserva está sujeita a confirmação do pré-pagamento, correspondente ao preço anunciado de reserva, cujas instruções de pagamento por referência bancária serão emitidas após confirmar a reserva on-line. O prazo limite de pagamento é de 48 horas
  • No caso de realizar inscrições múltiplas, indique no momento finalizar reserva os dados pessoais do(s) participante(s) que pretende inscrever
  • Se o pagamento não for realizado no prazo definido, a sua reserva é automaticamente cancelada sendo notificado via e-mail. A sua reserva fica assim disponível para futuras reservas
  • Inscrições limitadas
  • A realização desta atividade está sujeita a um número mínimo de participantes
  • Consulte o nosso blog antes de ir para conhecer mais dicas, informações importantes e condições gerais de participação
  • Conheça em detalhe as regras de conduta nas atividades na natureza