Grande Travessia
Serras da Peneda e do Soajo

20.0065.00

  • Data: 5 a 8 outubro 2017
  • Duração: 4 dias (pode realizar o programa completo ou uma ou mais etapas do programa)
  • Preço total por dia: 20 eur/pax
  • Preço total, programa completo: 65 eur/pax
  • Preço de reserva : 20 eur/pax/dia para programa parcial ou 65 eur/pax para programa completo
Limpar

Programa

Paisagens inexploradas do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), a beleza dos maciços graníticos da Peneda e do Soajo, os socalcos verdejantes de Sistelo, os fojos e as brandas, as vertentes escarpadas da montanha, os espigueiros do Soajo e as aldeias perdidas na serra, os vales glaciares e o Alto Vale do Rio Vez, os vales, rios e bosques autóctones, as rotas dos peregrinos e o santuário da Peneda

Coorganizado com a ARDAL – Porta do Mezio

A Borealis, em parceria com a ARDAL-Porta do Mezio, apresenta um dos programa de trekking mais vibrantes do ano, em pleno Parque Nacional Peneda-Gerês e por paisagens inabitadas e imaculadas, com a Grande Travessia das Serras da Peneda e do Soajo. Propomos uma viagem de 4 dias a descobrir a imponência dos maciços graníticos da Peneda e do Soajo e a bucólica paisagem dos prados e vales, que tornam este Parque Nacional um dos maiores tesouros (e maravilhas) do país. Uma rota que liga Várzea-S. Bento do Cando-Sistelo-Mezio-Soajo, com incontáveis pontos de interesse, as aldeias da montanha e a vida comunitária dedicada à agricultura e pastorícia, as brandas, os fojos (de caça ao lobo) e os caminhos rurais, os socalcos de Sistelo, os caminhos rurais, os vales glaciares, as eiras e os espigueiros do Soajo, os vales e bosques autoctónes, o cavalo garrano e o lobo ibérico que encontram o seu refúgio nestas montanhas, os caminhos de peregrinação e o santuário da Nossa Senhora da Peneda, os rios que atravessam os vales e a Mistura das Águas.

É, neste contexto, que o inspiramos a conhecer o Gerês profundo e autêntico.

Pode realizar o programa completo ou apenas uma ou mais etapas do programa.

Itinerário

DIA 1 – Trekking Várzea-S.Bento do Cando


O percurso desenvolve-se a partir da aldeia de montanha da Várzea, em pleno PNPG, com vistas panorâmicas surpreendentes para a Albufeira do Lindoso, uma das maiores albufeiras ibéricas de aproveitamento hidroeléctrico.

Por entre as seculares rotas da romaria à Senhora da Peneda, rotas de contrabandistas e caminhos percorridos pelos espanhóis aquando da Guerra Civil Espanhola, destaca-se a Mistura das Águas, onde as águas puras e cristalinas dos rios Peneda e Laboreiro encontram-se em plena montanha proporcionando imagens de rara beleza e sensações de tranquilidade e paz. O contraste da paisagem é soberbo, entre escarpas acutilantes e vales com vegetação em estado virgem, seremos brindados com um festim para os sentidos! Tempo de contemplar a chegada ao Santuário da Nossa Sra. da Peneda, local de peregrinação e partir à conquista do imponente maciço granítico da Peneda envolvido no magnífico vale do Lima até ao vale glaciar do Alto Vale do Rio Vez, de reconhecida riqueza geológica e geomorfológica. O destino final deste dia leva-nos a descer a encosta da Peneda até à pacata branda de S. Bento do Cando, uma das proeminentes brandas da região, núcleos tradicionais destas serras que contam as tradições populares desta região.

Distância

18 KM

Dificuldade

3 - MÉDIO

Altitude máxima

1044 M

Acumulado ascendente

714 M

DIA 2 – Trekking S.Bento do Cando-Sistelo


O percurso desenvolve-se pela coração da serra da Peneda a partir da branda de S. Bento do Cando, com passagem em diversas brandas, como a branda do Furado e a branda de Real, pela nascente do rio Vez e paisagens de cortar a respiração sob esta linda serra e a vizinha serra Amarela. Na paisagem sobressai a beleza da aldeia de montanha do Sistelo e os seus verdejantes socalcos, que moldam a geologia dos escarpados vales.

Distância

20 KM

Dificuldade

3 - MÉDIO

Altitude máxima

1261 M

Acumulado ascendente

1013 M

DIA 3 – Trekking Sistelo-Mezio


O percurso desenvolve-se da pacata aldeia do Sistelo até à Porto do Mezio, uma das portas de entrada e limite para o PNPG. Até lá, nas paisagens serranas da Peneda, espera-nos aldeias surpreendentes como Bostelinhos, Avelar e Lordelo e o avistamento do Fojo da Cabrita, armadilhas artesanais utilizadas para capturar os lobos que atacavam os rebanhos.

Distância

20 KM

Dificuldade

3 - MÉDIO

Altitude máxima

947 M

Acumulado ascendente

627 M

DIA 4 – Trekking Mezio-Soajo


O percurso desenvolve-se sobretudo na Serra do Soajo, da Porta do Mezio até a aldeia do Soajo, famosa pelos seus imponentes espigueiros erguidos sobre um enorme maciço, utilizados para armazenar o milho. Um dos lugares mais belos e típicos do Alto Minho. Um brinde à vida Borealis.

Distância

8 KM

Dificuldade

2 - MÉDIO BAIXO

Altitude máxima

841 M

Acumulado ascendente

360 M

 

Note que poderá ser necessário alterar o sentido de realização dos trilhos previstos, nomeadamente para os dias 1 e 3, de forma a reduzir o valor do acumulado ascendente, com redução significativa em termos de esforço.

 

 

 

 

 

O que incluímos

O que está incluído:

Itens que estão incluídos no preço do evento

  • O programa de trekking especificado
  • Acompanhamento pelos divertidos guias e monitores Borealis
  • Transfer em autocarro do ponto fim do trilho para o ponto de início (tratam-se de percursos não circulares)
  • Seguro de acidentes pessoais
  • Reportagem fotográfica digital do evento

O que não está incluído:

Itens que não estão incluídos no preço do evento

  • Alimentação para o dia e reforços energéticos (nota: a hora de almoço é em plena montanha, pelo que terá de levar na mochila almoço volante)
  • Transporte organizado até ao local de realização do evento. A Borealis propõe um ponto de encontro alternativo em Braga, para partilha de boleia em veículo próprio

O que deve levar

  • Botas de trekking
  • Roupa confortável e adequada ao clima
  • Reforços energéticos e almoço ligeiro
  • Cantil/garrafa água
  • Mochila de pequenas dimensões para levar itens essenciais no trekking
  • Conheça as dicas Borealis de material e alimentação para atividades na natureza

Horas e pontos de encontro

  • Ponto de encontro principal: 9h00 ou 10h00 em ponto a definir
  • Ponto de encontro alternativo: 7h40 ou 8h40 em BRAGA, saída do parque de estacionamento do Instituto Ibérico de Nanotecnologia (antiga Bracalândia)

Os pontos e horas de encontro serão confirmados oportunamente ao grupo de participantes inscritos.

No(s) ponto(s) de encontro alternativo(s) estará presente membros da equipa Borealis para auxiliar na gestão e partilha de boleias em veículo próprio (não há transporte organizado) seguindo em caravana até ao ponto de realização do evento.

  • Hora prevista de fim do evento: 18h00.

Condições da reserva

  • A validação da reserva está sujeita a confirmação do pré-pagamento, correspondente ao preço anunciado de reserva, cujas instruções de pagamento por referência bancária serão emitidas após confirmar a reserva on-line. O prazo limite de pagamento é de 48 horas
  • No caso de realizar inscrições múltiplas, indique no momento finalizar reserva os dados pessoais do(s) participante(s) que pretende inscrever
  • Se o pagamento não for realizado no prazo definido, a sua reserva é automaticamente cancelada sendo notificado via e-mail. A sua reserva fica assim disponível para futuras reservas
  • Inscrições limitadas
  • A realização desta atividade está sujeita a um número mínimo de participantes
  • Consulte o nosso blog antes de ir para conhecer mais dicas, informações importantes e condições gerais de participação.
  • Conheça em detalhe as regras de conduta nas atividades na natureza